História

Desde a sua fundação em 1772, a Maison Veuve Clicquot Ponsardin mantém-se fiel ao seu lema: “Apenas uma qualidade, a melhor”. A sua história tem a marca de uma mulher de exceção: Barbe Nicole Ponsardin, Madame Veuve Clicquot. A morte prematura do seu marido transcende esta jovem viúva de 27 anos, que corajosamente assume as rédeas da empresa familiar. Intransigente quanto à qualidade, lança-se assim à conquista do mundo e transmite aos seus sucessores o gosto pela excelência e pela inovação.

A história de Veuve Clicquot

Datas principais

Desde 1772, a história da Maison Veuve Clicquot Ponsardin é ritmada por momentos chave que formaram a imagem da marca e o seu renome internacional. Da retoma da Casa por Madame Clicquot em 1805 à reabertura do Hôtel du Marc em 2011, passando pela criação do primeiro champanhe vintage, a invenção da “table de remuage” ou a criação da etiqueta amarela, os episódios da sua história encarnam os códigos de audácia e de inovação aos quais Veuve Clicquot Ponsardin se mantém fiel.

Todas as grandes datas

Herança

Fundada em 1772, a Maison Veuve Clicquot Ponsardin possui um patrimônio tão excecional quanto variado. Este patrimônio é constituído por um dos mais importantes vinhedos de Champagne pela sua superfície e pela sua qualidade, construída ao longo do tempo desde a época do fundador sobre uma base anterior e depois pelos diferentes diretores da Casa. Grutas calcárias medievais nas quais se desenrola a lenta maturação dos vinhos… locais de recepções prestigiosos como a manão privada da Maison, o hotel particular Hôtel du Marc e o palácio Pavillon de Muire, classificado como monumento histórico, assim como o manoir numa aldeia de vinhedo em Verzy. Por fim, a história e a memória de mais de dois séculos de atividade comercial, enológica e vitícola são conservadas no seio do Palácio do Património, na sede da Maison em Reims.

Descubra a herança de Veuve Clicquot

A arte da vinha

Garantia do lema da Maison “Apenas uma qualidade, a melhor”, o respeito pela terra constitui a nossa herança e permanece no centro da nossa atividade. Na Veuve Clicquot, a vinha, verdadeira alma mater, é objeto de todas as atenções. À medida que as estações vão passando, ela recebe os cuidados necessários ao seu pleno desenvolvimento e revela assim o melhor de si mesma: raízes de qualidade excecional.

A arte da vinha segundo Veuve Clicquot

Prémio Veuve Clicquot da Mulher de Negócios

Criado em 1972 para celebrar o bicentenário da Casa, o Prémio Veuve Clicquot da Mulher de Negócios destina-se a agraciar em cada ano mulheres de exceção que se tenham destacado pelo seu espírito empreendedor. Presta homenagem à primeira destas mulheres, Madame Clicquot, que soube impor-se como grande figura feminina no mundo dos negócios. Dignas herdeiras da "Grande Dame", estas mulheres possuem as qualidades que fazem delas pioneiras capazes de enfrentar todos os desafios: espírito de liderança, audácia, criatividade e talento.
Desde a sua criação, o Prémio Veuve Clicquot da Mulher de Negócios já contemplou mais de 340 mulheres em 29 países.

Prémio da Mulher de Negócios